Via de la Plata Sanabria-Santiago

 
 1º dia – Puebla de Sanabria – Laza
94 km
2684 Acumulado
Italia 2009 300DP_089  

Depois de em Maio termos percorrido o caminho Português pusemo-nos ao caminho numa madrugada dos primeiros dias de Outubro, as 03h30 tínhamos o autocarro que nos levou até a localidade espanhola de Puebla de Sanabria, cidade que dista somente 38 km de Bragança. Montadas as Bikes era hora do primeiro carimbo na nossa credencial e beber um café no único bar aberto as 08h0 dessa manha fria, fizemo-nos ao caminho, os primeiros km foram muito rolantes e feitos por estrada até entrarmos no monte, a partir dai foi uma sucessão de single tracks  até a grande parede do dia que teve de ser feita a empurrar a bike pela encosta acima, depois começou o sobe e desce constante até a paragem para almoço na localidade  de A Gudiña.Depois da paragem foi mais rolante inesquecível a passagem por padornelo onde a paisagem é qualquer coisa do outro mundo, chegamos ao albergue de Laza por volta das 19h30, instalamo-nos e fomos jantar ao único restaurante da localidade e onde fomos bem muito recebidos , depois foi xixi cama porque no dia seguinte tinhamos mais de 100 km para pedalar

 

2º dia – Laza – Castro de Dozon
107 km
2014 Acumulado

 
IMG_1025 O dia amanheceu cinzento e os primeiros kms  tal como no 1º dia foram por estrada, quando entramos no monte começou a subida doa 437m de Laza até aos 1.200 de Xunqueira de ambria e tivemos logo uma majestosa parede para fazer com a bicicleta a mão, 14 km depois começamos a descer e paramos para tomar o pequeno almoço num dos lugares míticos da Via de La Plata, o bar Rincon de lo Pelegrino, ai e depois de uns pratos de presunto e queijo e do café de saco que bebemos com vontade, deixamos a concha de vieira Caça Mouros para mais tarde recordar. A partir deste ponto foi bastante rolante, passamos por bosques exuberantes com single tracks de luxo e os últimos 15 km até Ourense foram por estrada quase sempre a descer. IMG_1017Ourense foi a maior cidade por onde passamos e onde aproveitamos para almoçar junto a ponte velha e com vista privilegiada para a nova ponte  calatrava. Depois de muito subir e descer passamos por Oseira, pequeno povoado que tem um mosteiro que mete inveja aos Jeronimos, a partir dai foi a parte difícil deste caminho, já cerca das 18h00 apercebemo-nos que não íamos conseguir chegar ao albergue de A Laxe e pusemos em marcha o plano B, o Albergue de Castro de Dozon, mas mesmo para chegar a esse superamos os nossos limites umas 5 vezes pois já tarde, de noite e completamente ensopados por causa da chuva fria conseguimos chegar ao Albergue as 21h15, instalamo-nos e fomos jantar, outro problema não havia comer em bar nenhum desta localidade, chamamos um táxi e fomos a um restaurante a uns 8 km de Dozon e ai comemos que nem lobos famintos, acabamos por volta da meia noite e foi chamar de novo o táxi e xixi cama.
 
 3º dia – Castro de Dozon  – Santiago de Compostela
61 km
908 Acumulado

  
DP_208
 

 

O dia amanheceu chuvoso e para alguns o acumulado dos últimos dois dias já se fazia sentir nas pernas, tomamos o pequeno-almoço no mesmo restaurante onde tínhamos jantado já que a dona deste abriu de propósito para nos servir a refeição, depois foi sempre a rolar até Santiago onde nos esperava uma chuva monumental, mas la chegamos, e, ao entrar na Praça de Obradoiro acho que deu a todos um misto de alivio por ter acabado e uma nostalgia por chegarem ao fim estes três dias de verdadeira camaradagem e companheirismo.DP_206

Vertente Sanabresa da Via de La Plata, mais um Camiño conquistado pelos Caça Mouros.

Para 2010 já esta em marcha o Caminho Francês………………………………………

Anúncios

3 responses

17 06 2010
Henrique

Gostaria de obter informações quando for possivel na vossa ida para o Caminho Françês pois já fiz duas vezes o Caminho Portugues e quero ir mais longe.se houver lugar para mais um contem cmg.
Um abraço.

20 06 2010
Cagaréu

Olá pessoal!
já por aqui tinha andado a ver a vossa aventura que está muito bem relatada.Digam-me se o caminho está bem marcado e se por acaso têm o track se mo podem enviar.

Obrigado

Hernâni

23 07 2010
Nuno Guimarães

Bela pedalada esta a vossa, para não variar. Amigos venho por este meio caso seja possivel solicitar mais informações sobre o trajecto, pois depois da ida pelo caminhoportugues este ano, para o ano que vem vamos cometer a loucura de nos fazer ao terreno iniciando a nossa aventura em Zamora (onde Portugal nasceu, pois foi aqui que demos um xuto no ass ao espanhois), percorrendo depois os caminhos até Santiago e concluido de uma acentada só o unico caminho de Santiago que se faz em sentido inverso, ou seja o Caminho de Finisterra, num total que segundo contas mal feitas dará qualquer coisa como quase 500 kilometros em esperamos nós conseguir fazer em 5 dias.
Se puderem disponibilizar alguma informação para o nosso mail (pedaladasbiketeam@gmail.com) a gerencia agradece.
A todos boas pedaladas
Nuno Guimarães

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s